Login

Email
Password
Nova Password ?
Membro? Registo
RSS News   Twitter   Facebook
 
 
imprimir
Viagem a Calabardina

Calabardina, como destino de mergulho, pode-se resumir em poucas palavras por águas quentes e cristalinas, meros e naufrágios. Qual é o mergulhador, desde o iniciante ao mais avançado, que não gosta de um cenário como este. Calabardina é o destino do primeiro artigo de um novo tema da nossa secção de artigos, Viagens de Mergulho.


Vila de Calabardina

A vila de Calabardina situa-se na costa espanhola mediterrânea, conhecida por Costa Cálida, entre Alméria e Múrcia, sendo a cidade mais próxima a pequena cidade de Águilas. Calabardina fica a cerca 970 km de distância de Lisboa, sendo a forma mais económica, e possivelmente a mais viável, de chegar até lá a viagem de carro. Esta viagem pode ser realizada em cerca de 8 / 9 horas quase sempre em auto-estradas quer em território nacional ou espanhol.

Esta vila foi outrora uma vila piscatória, vindo a tornar-se por excelência um local de veraneio. A vila é constituída essencialmente por vivendas de um ou dois andares, que podem facilmente ser alugadas. Existe também um hotel, três supermercados e alguns restaurantes, contudo se necessitarmos de outro tipo de comércio teremos de nos deslocar a Águilas.

Para mergulhar neste local, existem dois centros de mergulho na vila e mais alguns na cidade de Águilas, mas sem dúvida existe um que se destaca de todos os outros, o Centro de Buceo La Almadraba. Este centro é propriedade de Diego Martinez, um filho da terra, descendente de uma família de pescadores.

Diego desde muito cedo que está ligado ao mergulho profissional, dedicando-se posteriormente também ao mergulho recreativo, sendo ele o responsável pelos mais de 30 naufrágios presentes nestas águas.


Locais de Mergulho

Existem diversos locais de mergulho nesta zona, cada um deles com mais de uma imersão possível devido à sua extensão e assuntos de interesse. As águas são bastantes límpidas, podendo atingir os 25m de visibilidade, sendo bastante frequente visibilidade entre os 15m e 20m. A temperatura da água também é bastante agradável, rondando os 22ºC nos meses de Verão (nesta viagem no mês de Novembro, foi esta a temperatura encontrada). As correntes são quase inexistentes, à excepção de alguns locais onde o mergulho é realizado à deriva.

De entre os diversos locais de mergulho nesta zona, todos acessíveis a poucos minutos de barco do pontão da praia de Calabardina, existem dois que são os mais explorados, sendo estes a “Cueva de la Virgem” e o “Juanito Montoya”.


Cueva de la Virgem

Este mergulho é caracterizado por uma pequena gruta onde à entrada se encontra uma imagem com a representação da virgem, que dá nome ao local de mergulho, sendo a saída desta gruta feita através de uma chaminé bastante ampla que nos conduz a um planalto a poucos metros de profundidade onde podemos encontrar uma enorme âncora. Junto à imagem da virgem podemos encontrar dezenas de concha de haliotis, que são lá depositadas propositadamente como de moedas se tratassem, à semelhança de outros locais de culto. A base da imagem dá abrigo a um enorme safio e a um enorme cavaco.

Os mergulhos neste local, tanto podem começar como acabar nesta gruta, sendo possível ver mais de 3 naufrágios em cada imersão. Desde um pequeno bote, a vários barcos de pesca, passando pela asa traseira de um pequeno avião bimotor, que serve de refúgio a várias moreias e eremitas.

A vida é abundante e podemos ver cardumes enormes de sargos de bom porte, que assim que o barco pára, se aproximam do mesmo, à espera de uma refeição fácil. Dezenas de moreias, peixes lagarto, que se encontram a caçar no areal entre naufrágios também são habituais. Neste local de mergulho as sempre presentes castanhetas e as talassomas juntam-se a dois meros nas espécies presentes neste local.

Numa das zonas deste mergulho, e em algumas alturas do ano (Primavera e Outono) é também frequente a visita de um peixe-lua.


Juanito Montoya

O Juanito Montoya, ou apenas Montoya como é mais conhecido é o primeiro naufrágio de entre os mais de 30 presentes nesta zona. Este local de mergulho é sem qualquer dúvida o mergulho de eleição em Calabardina. Com uma profundidade máxima de 34 metros de profundidade é possível visitar vários naufrágios, sendo necessário mais de um mergulho para visitar todos os pontos de interesse.

O ponto alto deste mergulho, começa quando os meros, de bom porte, se aproximam dos mergulhadores à espera da habitual refeição. Os mergulhadores desenrolam-se junto aos naufrágios, onde se observam os meros a comer os pequenos peixes que lhe são oferecidos. A acrescentar ao espectáculo quase indescritível de termos cerca de uma dezena de meros a poucos centímetros dos nossos olhos e objectivas, existem também as grandes moreias que fazem questão de reclamar a sua parte na refeição.

Devido à profundidade do local, não podemos ficar o tempo que gostaríamos e os computadores começam a avisar que chegou a altura de subir. No dia seguinte, embora com um cenário um pouco diferente, os meros e as moreias conseguem proporcionar uma emoção semelhante.


Centro de Buceo La Almadraba

O Centro de Buceo La Almadraba é o centro de mergulho de gestão familiar, dirigida pelo Diego Martinez, onde se podem encontrar os seus sobrinhos e irmã a trabalhar. Mesmo sendo um centro de gestão familiar, está equipado com amplos balneários com chuveiros de água quente, uma zona de lavagem de equipamento e outra de secagem. Está preparado para receber cerca de uma centena de mergulhadores. O centro de mergulho disponibiliza garrafas de 12l, 15l e 18l cheias a ar a 200 BAR. O centro possui várias embarcações semi-rígidas que conduzem os mergulhadores aos locais de mergulho.

É ainda possível visitar um pequeno museu, onde se podem encontrar fotografias e artefactos dos barcos desmantelados e afundados propositadamente para a prática do mergulho.


Fotografias Subaquáticas: Mário Silvestre
Fotografias Terra: André Ventura


 

Pesquisa no Site
Pub

Meteorologia
Sesimbra Fonte da Telha Viana do Castelo Matosinhos Peniche Sines Sagres Portimão Faro Madeira Porto Santo São Miguel Faial Graciosa Cascais
Pub

   
Web-Dive   |  Log Book   |  Galeria   |  Directório   |  Artigos   |  Meteorologia   |  Classificados   |  Sobre
   2006-10 Copyright © Web-Dive.Com